segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

O mal que isso faz.








O que é que anda acontecendo com o mundo?
(Alguém me explica?)

(...)

Já faz um tempo em que decidi não mais ler jornais ou assistir TV. Isso me protegeu, durante muito tempo, da crueza externa. Gastava meu tempo livre lendo, vendo filmes, séries, alimentando-me de qualquer coisa que não a realidade.
Mas daí o tempo foi passando e comecei a me sentir meio alienada. Colegas de trabalho comentavam notícias de situações que eu sequer supunha que havia acontecido. A gota d´água foi a morte de uma importante personalidade nacional. Quando eu disse que nada sabia, veio a pergunta: 
"Mas Vanessa, em que mundo você vive?"
Como se fosse simples ter a resposta.... mas tentemos...
Eu vivo em um mundo de silêncio e solitário. Não que eu seja ambas as coisas...mas a minha cabeça o é. Grande parte dos meus pensamentos não são compartilhados pelo simples fato de estar certa de que quase ninguém entenderá. E eu prefiro seguir por aí olhando tudo como se achasse que é "isso mesmo" a defender minhas ideias e opiniões. Isso dá muito trabalho e desgasta e guardar tudo em mim já me consome uma energia importante.
Elocubrações a parte, achei que seria bom, vez ou outra, ler alguma coisinha e atentar mais para o cotidiano.
O problema  é quando você descobre que não há quase nada de bom por aí. Crises, escândalos políticos, mortes, fome, guerra. Meninos negros amarrados em postes, "ladrão" jogado em formigueiro, vidas humanas que não valem nada. Intolerâncias, acusações, disputas de egos... 
E eu só consigo pensar: então é esse o mundo do qual eu devo fazer parte?

Não há um só dia em que eu não pense que eu gostaria de viver em um outro mundo, um universo paralelo, um outro lugar.... onde existisse mais amor. Só.